• ethereumEthereum (ETH) $ 3,899.49 2.41%
  • bnbBNB (BNB) $ 602.47 0.19%
  • solanaSolana (SOL) $ 167.48 2.2%
  • staked-etherLido Staked Ether (STETH) $ 3,896.51 2.38%
  • usd-coinUSDC (USDC) $ 1.00 0.01%
  • xrpXRP (XRP) $ 0.528156 1.35%
  • the-open-networkToncoin (TON) $ 6.42 1.74%
  • cardanoCardano (ADA) $ 0.460710 0.1%
  • avalanche-2Avalanche (AVAX) $ 37.37 0.11%

Binance Congela US$ 12 Milhões

Foto do autor

Geraldo Manuel

Publicado em

Após Sequestro de Executivos em Montenegro” Binance Congela US$ 12 Milhões”

Exchange congelou US$ 12 milhões

O recente incidente envolvendo a Binance, onde a exchange congelou US$ 11,8 milhões em ativos criptográficos roubados, destaca tanto as vulnerabilidades no espaço das criptomoedas quanto as capacidades das exchanges para intervir em situações de fraude ou roubo.

Em novembro de 2023, Changpeng “CZ” Zhao, CEO da Binance, relatou que executivos de uma empresa cliente foram induzidos a uma viagem de negócios falsa em Montenegro, onde foram sequestrados e forçados a transferir todos os ativos de suas carteiras criptografadas. Os ativos roubados, totalizando aproximadamente US$ 12,5 milhões, foram convertidos em USDT e transferidos para uma carteira TRON. Com uma resposta rápida, a Binance conseguiu congelar a carteira e prevenir o acesso dos sequestradores a US$ 11,8 milhões dos ativos roubados​

​Reembolso

Este incidente não é isolado no mundo das criptomoedas. Em 2020, um investidor vietnamita foi sequestrado e forçado a entregar ativos criptográficos no valor de US$ 1,5 milhão. A vítima posteriormente buscou “reembolso” por meios violentos, resultando na prisão e condenação dos envolvidos​

​Binance recupera a maior parte dos ativos

Após o sucesso da Binance em recuperar a maior parte dos ativos, surgiram preocupações sobre a capacidade da exchange de congelar ativos à vontade, algo comparável aos bancos fiduciários. No entanto, a Binance argumentou que esse risco é mitigado pelo uso de carteiras sem custódia, onde os ativos permanecem inacessíveis a terceiros, diferentemente das bolsas centralizadas (CEX)​

Coclusão

Este caso exemplifica os desafios e medidas de segurança no ecossistema das criptomoedas, destacando a importância das exchanges em monitorar e agir rapidamente em situações de fraude ou roubo, ao mesmo tempo em que levanta questões sobre a descentralização e a segurança dos ativos digitais.

Deixe um comentário