• ethereumEthereum (ETH) $ 3,900.26 2.39%
  • bnbBNB (BNB) $ 602.09 0.09%
  • solanaSolana (SOL) $ 166.80 1.71%
  • staked-etherLido Staked Ether (STETH) $ 3,899.67 2.46%
  • usd-coinUSDC (USDC) $ 0.999474 0.01%
  • xrpXRP (XRP) $ 0.528199 1.32%
  • the-open-networkToncoin (TON) $ 6.44 2.25%
  • cardanoCardano (ADA) $ 0.460517 0.21%
  • avalanche-2Avalanche (AVAX) $ 37.39 0.39%

Empresa de Pagamento do Reino Unido, Checkout, Rompe Relações com a Binance

Foto do autor

Geraldo Manuel

Publicado em

Empresa de Pagamento do Reino Unido, Checkout Rompe Relações com a Binance

Introdução: A indústria de criptomoedas tem enfrentado desafios crescentes em termos de regulamentação e conformidade. Em um desenvolvimento recente, a Checkout, uma renomada empresa de cartão de crédito sediada em Londres, decidiu encerrar seu contrato com a Binance, uma das maiores plataformas de negociação de criptomoedas do mundo.

Detalhes do Encerramento: A Checkout, que tem sido um pilar fundamental na facilitação de transações de criptomoedas avaliadas em bilhões de dólares para os clientes da Binance, confirmou a decisão de romper os laços. Lewis Jones, porta-voz da Checkout, comunicou à Forbes sobre a decisão de encerrar o contrato com a Binance. A notificação oficial enviada à Binance especificou que o encerramento do contrato seria efetivo a partir de 17 de agosto.

Razões para a Decisão: A decisão não foi tomada de ânimo leve. O porta-voz da Checkout citou várias razões para o término do contrato. Entre elas, destacam-se as ações tomadas pelos reguladores do Reino Unido contra a Binance. Além disso, havia crescentes preocupações relacionadas à lavagem de dinheiro, sanções e a eficácia dos controles de conformidade implementados pela Binance.

Resposta da Binance: A Binance, por sua vez, manifestou sua discordância com a decisão da Checkout. Em resposta à Forbes, a plataforma de criptomoedas mencionou que não concordava com os motivos apresentados pela Checkout para o término do contrato. A Binance também revelou que está considerando a possibilidade de tomar medidas legais contra a Checkout. Dewi Mustajab, porta-voz da Binance, reforçou o compromisso da empresa em estabelecer um programa de conformidade robusto e sua intenção de fortalecer a confiança com reguladores e parceiros comerciais.

Contexto Adicional: É importante notar que, em junho, a Binance enfrentou outro revés no Reino Unido. A Autoridade Financeira Britânica (FCA) cancelou o registro da Binance Markets Limited (BML), uma subsidiária da Binance. Após esse cancelamento, a Binance foi proibida de oferecer qualquer serviço no território britânico.

O encerramento do contrato entre a Checkout e a Binance é um reflexo dos desafios regulatórios que as empresas de criptomoedas estão enfrentando em várias jurisdições. À medida que o setor continua a crescer, a necessidade de conformidade e transparência se torna cada vez mais crucial.

Deixe um comentário