• ethereumEthereum (ETH) $ 3,249.30 2.63%
  • bnbBNB (BNB) $ 611.60 1.07%
  • solanaSolana (SOL) $ 157.01 2.13%
  • usd-coinUSDC (USDC) $ 0.999827 0%
  • staked-etherLido Staked Ether (STETH) $ 3,249.76 2.76%
  • xrpXRP (XRP) $ 0.544385 0.02%
  • the-open-networkToncoin (TON) $ 5.78 2.42%
  • cardanoCardano (ADA) $ 0.495802 3.92%
  • avalanche-2Avalanche (AVAX) $ 38.99 1.92%

Criptomoedas Sob Presidência de Milei

Foto do autor

Geraldo Manuel

Publicado em

Argentina Implementa Registro Obrigatório para Criptomoedas Sob Presidência de Milei

Novo Registro de Criptomoedas Desaponta Entusiastas do Bitcoin na Argentina

Na última semana, a Argentina deu um passo significativo ao introduzir um sistema de registro obrigatório para todas as plataformas de criptomoedas, o Registro de Provedores de Serviços de Ativos Virtuais (VASP). A medida provocou reações mistas, especialmente entre os adeptos do Bitcoin, que tinham esperanças de ver a Argentina seguir o exemplo de El Salvador na adoção do Bitcoin.

Milei e a Controversa Regulação de Criptomoedas

A nova regulamentação, que exige que as plataformas e usuários envolvidos na compra, venda, envio ou negociação de criptomoedas se registrem, marcou uma mudança de postura em relação ao governo anterior, que havia postergado tal regulamentação. A implementação desta lei pelo presidente Javier Milei foi vista como uma decepção para muitos que viam na América Latina o potencial de outro país adotar uma postura pró-Bitcoin.

Max Keiser, um defensor de longa data do Bitcoin e conselheiro do presidente de El Salvador, Nayib Bukele, expressou sua decepção no Twitter, afirmando que Milei “comete seu primeiro grande erro” por não compreender profundamente o Bitcoin. Em contraste, El Salvador sob a liderança de Bukele tornou-se, em 2021, o primeiro país do mundo a legalizar o Bitcoin como moeda corrente.

Impacto Imediato da Nova Regulação

Argentina (4)

A nova lei já começou a afetar os usuários argentinos de criptomoedas, com relatos de que o aplicativo de pagamento Strike informou aos seus usuários que a funcionalidade de envio global entre a Argentina e os EUA será descontinuada. CoinDesk tentou obter comentários da Strike a respeito.

Apesar de Milei ter anteriormente elogiado o Bitcoin por seu potencial em oferecer proteção contra a inflação e a intervenção do banco central, sua presidência desde dezembro de 2023 tem sido marcada por tentativas de reduzir o tamanho do governo. Sob sua gestão, a Argentina registrou seu primeiro superávit orçamentário mensal desde 2011, com uma notável redução na taxa de inflação.

Opiniões Divididas sobre a Regulação VASP

Enquanto alguns criticam a nova legislação VASP, outros a veem como um passo necessário para atrair mais investimentos estrangeiros para a Argentina. Um residente argentino mencionou em X (anteriormente Twitter) que a regulamentação era essencial para que o país ganhasse mais acesso ao capital internacional.

Este movimento regulatório coloca a Argentina em um novo caminho na gestão de criptomoedas, destacando o equilíbrio entre a inovação financeira e a necessidade de regulamentação no crescente mercado de ativos digitais.

Acompanhe nossa página no youtube

Deixe um comentário