• ethereumEthereum (ETH) $ 3,250.23 2.8%
  • bnbBNB (BNB) $ 607.75 1.24%
  • solanaSolana (SOL) $ 157.88 2.64%
  • usd-coinUSDC (USDC) $ 0.999946 0.05%
  • staked-etherLido Staked Ether (STETH) $ 3,250.88 2.83%
  • xrpXRP (XRP) $ 0.549285 0.08%
  • the-open-networkToncoin (TON) $ 5.87 5.68%
  • cardanoCardano (ADA) $ 0.504434 0.97%
  • avalanche-2Avalanche (AVAX) $ 39.12 2.14%

Bitcoin pode enfrentar correção a cinco semanas do evento de halving?

Foto do autor

Felipe Nascimento

Publicado em

Embora a Bernstein tenha projetado um valor de US$ 150.000 para o Bitcoin, existe uma preocupação entre outros especialistas quanto a um ajuste de preço iminente.

O Bitcoin (BTC) apresenta sinais de que pode estar a caminho de um ajuste antes do evento de halving, baseado em análises de padrões históricos do gráfico, mesmo após alcançar um novo recorde de aproximadamente US$ 73.700 nas primeiras horas de quarta-feira, 13 de março.

Está a correção pré-halving a caminho?

Indicativos de um mercado superaquecido sugerem que o preço do Bitcoin poderia enfrentar uma queda considerável antes do halving, previsto para abril. Esse movimento estaria em linha com as correções de 20% antes do halving de 2020 e de 38% antes do evento em 2016, conforme indicado pelo analista anônimo Rekt Capital.

Segundo o analista, uma possível correção poderia durar até 77 dias, embora a retração possa ser mais suave comparada aos ciclos anteriores:

“ESTE ANO, O BITCOIN JÁ VIU UMA QUEDA DE -18% EM JANEIRO E DE -14% NO INÍCIO DE MARÇO. PORTANTO, UMA RETRAÇÃO PRÉ-HALVING, SE ACONTECER, PODE SER MENOS INTENSA QUE NOS CICLOS PASSADOS.”

Bitcoin pode enfrentar correção a cinco semanas do evento de halving?
Gráfico semanal anotado BTC/USD. Fonte: Rekt Capital, X

Desempenho do Bitcoin antes dos halvings anteriores

Entretanto, e se esta vez a história não se repetir? Diferente dos ciclos anteriores, já observamos novidades, como o preço do BTC atingindo um pico histórico antes do halving pela primeira vez.

Além disso, o desempenho atual do Bitcoin ainda não alcançou as altas vistas nos ciclos de halving anteriores, segundo dados históricos da Ecoinometrics:

“SE O BITCOIN TIVESSE MANTIDO UM PADRÃO DE CRESCIMENTO SIMILAR AOS DOIS ÚLTIMOS CICLOS, ESPERARÍAMOS QUE O VALOR DE UM BTC HOJE FOSSE ENTRE US$ 100.000 E US$ 300.000.”

Portanto, ainda existe espaço para a tendência de alta continuar, especialmente com a renovação de máximas históricas atuando como estímulo para novos aumentos antes do halving.

Análise de preços do Bitcoin indica nova base de suporte

Conforme destacado por Rekt Capital em uma publicação no X, o Bitcoin testou novamente com sucesso o antigo recorde histórico de US$ 69.200, estabelecendo-o como nova linha de suporte.

Olhando para o futuro, a Bernstein prevê que o preço do Bitcoin alcance cerca de US$ 150.000 após o halving e até meados de 2025, conforme nota aos clientes. Os analistas Gautam Chhugani e Mahika Sapra veem um “estouro” no preço do Bitcoin pós-halving.

A forte demanda por ETFs de Bitcoin à vista fortaleceu sua convicção no preço-alvo proposto, inicialmente estimado no ano passado:

“PROJETAMOS ENTRADAS DE US$ 10 BILHÕES PARA 2024 E MAIS US$ 60 BILHÕES PARA 2025. NOS PRIMEIROS 40 DIAS DE NEGOCIAÇÃO APÓS O LANÇAMENTO DO ETF, EM 10 DE JANEIRO, JÁ VIMOS APORTES NOS ETFs DE BITCOIN ULTRAPASSANDO US$ 9,5 BILHÕES.”

“Com esse ritmo de crescimento, os ETFs de Bitcoin podem superar nossas previsões de aportes para 2025 nos 166 dias de negociação restantes de 2024″, complementaram os analistas.

Leia Também: Ether alcança os US$ 4 mil: entusiasmo passageiro ou base para sustentação a longo prazo?

Acompanhe nossa página no youtube

 

Deixe um comentário