• ethereumEthereum (ETH) $ 3,251.34 2.59%
  • bnbBNB (BNB) $ 609.92 0.75%
  • solanaSolana (SOL) $ 157.31 2.05%
  • usd-coinUSDC (USDC) $ 0.999724 0.01%
  • staked-etherLido Staked Ether (STETH) $ 3,251.17 2.68%
  • xrpXRP (XRP) $ 0.545973 0.22%
  • the-open-networkToncoin (TON) $ 5.81 3.67%
  • cardanoCardano (ADA) $ 0.498539 3.77%
  • avalanche-2Avalanche (AVAX) $ 39.03 1.79%

Bitcoin pode alavancar US$ 1,5 milhão até 2027, antecipa Cathie Wood

Foto do autor

Felipe Nascimento

Publicado em

No universo dos investimentos financeiros, o Bitcoin (BTC) mantém-se como foco de intensa especulação e interesse. Cathie Wood, líder da ARK Invest, que administra mais de US$ 6 bilhões em ativos, projeta que o Bitcoin alcançará um valor “muito acima” de US$ 1 milhão antes de 2030.

Em entrevista recente ao New Zealand Herald, em 7 de março, Wood ressaltou a importância do envolvimento institucional no impulso ao preço do Bitcoin, especialmente com a introdução dos primeiros ETFs de Bitcoin nos EUA, que têm atraído crescente atenção institucional para a criptomoeda.

A nossa visão é ainda mais ambiciosa; e com as expectativas atualizadas para o envolvimento institucional, o aumento de preço previsto para essas instituições praticamente duplicou”, afirma Cathie Wood.

Cathie Wood
Cathie Wood

A pioneira aprovação de 11 ETFs de Bitcoin à vista pela SEC (Securities and Exchange Commission) abriu novas portas para o Bitcoin, um mercado que permaneceu inacessível por 15 anos. Wood observa, no entanto, que grandes bancos de investimento, como Morgan Stanley e Bank of America, ainda não aderiram completamente ao movimento institucional em direção à criptomoeda.

Em dezembro de 2021, Wood estimou que a alocação média de 5% das carteiras institucionais em Bitcoin poderia impulsionar seu preço a curto prazo em cerca de US$ 500.000. Agora, ela ajustou sua previsão, acreditando que os bancos de investimento elevarão o preço do Bitcoin para US$ 1,5 milhão até 2027.

Tirando a especulação do papel

Em paralelo à atualização de sua previsão, a ARK realocou 110.896 ações, em um negócio que ultrapassou os US$ 24 milhões, entre os fundos ARK Innovation ETF (ARKK), ARK Next Generation Internet ETF (ARKW) e Ark Fintech Innovation ETF (ARKF). A venda foi motivada pela valorização do Bitcoin e pelos desafios operacionais enfrentados pela Coinbase devido ao aumento do tráfego.

Outras instituições também têm previsões ambiciosas. A Fidelity, por exemplo, estima que o Bitcoin atingirá US$ 100 milhões até 2035 e US$ 1 bilhão até 2038. O Standard Chartered Bank antecipa que o Bitcoin pode chegar a quase US$ 200.000 até o final de 2025, comparando o impacto do ETF de Bitcoin ao do primeiro ETF de ouro, que quadruplicou o preço do metal em sete anos.

Veja Também:

Acompanhe nossa página no youtube

Deixe um comentário