Home Bitcoin Operação Apreende Mineradoras de Bitcoin na Fronteira Brasil-Paraguai
BitcoinNotícias

Operação Apreende Mineradoras de Bitcoin na Fronteira Brasil-Paraguai

Operação Apreende Mineradoras de Bitcoin na Fronteira Brasil-Paraguai vamos conferir tudinho como aconteceu.

Ação da Estatal Paraguaia ANDE

A Administración Nacional de Electricidad (ANDE), estatal de energia do Paraguai, realizou uma operação que resultou na apreensão de várias mineradoras de bitcoin a 20 quilômetros da fronteira com o Brasil. A ação ocorreu na última segunda-feira (8), após a detecção de uma situação irregular na rede elétrica.

Detecção de Mineração Ilegal

A ANDE identificou uma conexão direta sem medidor à rede interna de Média Tensão, com uma carga média de 30 Amperes nas três fases, equivalente a uma demanda instantânea de 1.186 kW. Essa energia era usada para mineração de criptomoedas.

Operação Próxima à Fronteira com o Brasil

Após a identificação do roubo de energia, a ANDE denunciou o caso ao Ministério Público, obtendo autorização para uma operação. A ação ocorreu em Hernandarias, a apenas 20 quilômetros de Foz do Iguaçu (PR).

A operação contou com o apoio da polícia local e a presença do promotor Alcides Jiménez, além dos advogados Nelson Cardozo e Ceber Maidana, representantes do senhor Qingming Sun.

Apreensão dos Equipamentos

No local, os agentes da ANDE encontraram equipamentos de mineração de bitcoin clandestinos, que, apesar de estarem desligados, foram apreendidos.

A ANDE apresentou uma denúncia formal ao Ministério Público, acusando os responsáveis pelos crimes de furto ilegal de energia elétrica, perturbação do serviço público e sabotagem, conforme o Código Penal paraguaio.

Prejuízos e Multas

A ANDE estimou que a operação evitou uma perda mensal de aproximadamente ₲ 387.791.776 em energia elétrica não faturada. Esse valor, juntamente com os custos de intervenção e multas previstas na Lei 966/64, deverá ser pago pelo responsável pelo galpão clandestino.

Compromisso da ANDE

Em comunicado oficial, a ANDE reafirmou seu compromisso em combater ligações irregulares e o uso indevido de energia elétrica, que causam prejuízos econômicos e afetam o bom funcionamento do sistema elétrico. A estatal continuará suas ações para garantir o cumprimento das normas vigentes.

Cobrança de Taxas Extras para Mineradores

A ANDE aumentou a taxa de energia elétrica para a mineração de bitcoin e criptomoedas no Paraguai em junho de 2024.

Com a nova cobrança, a lucratividade do setor tornou-se incerta, apesar dos investimentos milionários de empresas sérias e reguladas no país. Vale ressaltar que o Paraguai produz mais eletricidade do que consome, vendendo o excedente a países vizinhos como Brasil e Argentina.

A operação da ANDE na fronteira Brasil-Paraguai destaca a importância da fiscalização rigorosa no uso de energia elétrica para a mineração de criptomoedas.

Com medidas para combater irregularidades e aumentar a taxa de energia, a estatal paraguaia visa proteger seus recursos e garantir a conformidade com as normas legais, refletindo um compromisso contínuo com a eficiência e segurança do sistema elétrico.

Veja Também:

Acompanhe nossa página no youtube

Artigos relacionados

Notícias

Polícia Civil do DF Treina Oficiais Moçambicanos em Criptomoedas

Polícia Civil do DF Treina Oficiais Moçambicanos em Criptomoedas, vamos conferir na...

Notícias

EUA Sancionam Organização Criminosa da Venezuela

EUA Sancionam Organização Criminosa da Venezuela que Utiliza Criptomoedas, vejamos na integra...

Notícias

EUA Busca Feedback sobre Uso de Energia na Mineração de Criptomoedas

Departamento de Energia dos EUA Busca Feedback sobre Uso de Energia na...

BinanceNotícias

Binance em Negociações para Vender Participação na Gopax para Megazone

Binance em Negociações para Vender Participação na Gopax para Megazone vamos conferir...