• ethereumEthereum (ETH) $ 3,249.30 2.63%
  • bnbBNB (BNB) $ 611.60 1.07%
  • solanaSolana (SOL) $ 157.01 2.13%
  • usd-coinUSDC (USDC) $ 0.999827 0%
  • staked-etherLido Staked Ether (STETH) $ 3,249.76 2.76%
  • xrpXRP (XRP) $ 0.544385 0.02%
  • the-open-networkToncoin (TON) $ 5.78 2.42%
  • cardanoCardano (ADA) $ 0.495802 3.92%
  • avalanche-2Avalanche (AVAX) $ 38.99 1.92%

SEC autoriza ETFs baseados em bitcoin, proporcionando um avanço significativo para as criptomoedas

Foto do autor

Felipe Nascimento

Publicado em

Em um marco histórico para o bitcoin e o universo das criptomoedas, a Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC) deu sinal verde na última quarta-feira (10) para os primeiros ETFs (fundos negociados em bolsa) baseados em bitcoin nos EUA, marcando um avanço significativo para a principal criptomoeda global e o setor de moedas digitais após longos períodos de expectativa por uma exposição direta ao ativo.

Este acontecimento gerou um aumento no valor da criptomoeda, que, às 11h30 (horário de Brasília), apresentava uma alta de 2,7%, sendo cotada a US$ 47.922.

A SEC confirmou a aprovação de 11 solicitações, entre elas de grandes nomes como BlackRock, Ark Investments/21Shares, Fidelity, Invesco e VanEck, apesar dos alertas de certas autoridades e defensores dos consumidores sobre os riscos associados a esses produtos.

Espera-se que a maioria desses ETFs comece a ser comercializada a partir desta quinta-feira (11), conforme indicado pelos emissores, acirrando a competição por participação de mercado.

Com uma década de história, os ETFs representam um ponto de virada para o bitcoin, oferecendo aos investidores a chance de se expor à criptomoeda mais valiosa do mundo sem a necessidade de possuí-la diretamente. Isso representa um impulso considerável para o setor de moedas digitais, que enfrentou escândalos no último ano.

Existem ETFs baseados em contratos futuros de bitcoin, porém, devido ao alto custo e pouca atratividade, a aprovação dos ETFs à vista/spot promete ampliar o acesso ao ativo, como explica Rodrigo Caldas de Carvalho Borges, da Oxford Blockchain Foundation e estrategista em blockchain pelo MIT, validando ainda mais a importância do bitcoin no cenário financeiro.

Borges também aponta que, por ser um produto simples e de fácil acesso, os ETFs devem fomentar um aumento na exposição dos investidores ao bitcoin, especialmente aqueles reticentes quanto à volatilidade do ativo e com conhecimento limitado sobre o mesmo.

Tendência de Valorização do bitcoin

A entrada de importantes instituições financeiras no desenvolvimento do fundo índice deve impulsionar a valorização do ativo, conforme mais demanda compradora é gerada pela estruturação de ETFs, superando a oferta vendedora, segundo Borges.

Analistas do Standard Chartered projetam que os ETFs podem atrair entre US$ 50 bilhões a 100 bilhões somente neste ano, enquanto outros analistas veem os fluxos de entrada chegando a US$ 55 bilhões em cinco anos.

O valor de mercado do bitcoin ultrapassava US$ 913 bilhões na quarta-feira, segundo a CoinGecko. Em dezembro de 2022, o total de ativos líquidos dos ETFs nos EUA era de US$ 6,5 trilhões, de acordo com o Investment Company Institute.

Veja Também:

Acompanhe nossa página no youtube

 

 

Deixe um comentário