• ethereumEthereum (ETH) $ 3,905.14 2.59%
  • bnbBNB (BNB) $ 602.23 0%
  • solanaSolana (SOL) $ 166.02 1.13%
  • staked-etherLido Staked Ether (STETH) $ 3,904.54 2.62%
  • usd-coinUSDC (USDC) $ 1.00 0%
  • xrpXRP (XRP) $ 0.528533 1.46%
  • the-open-networkToncoin (TON) $ 6.42 1.71%
  • cardanoCardano (ADA) $ 0.459580 0.43%
  • avalanche-2Avalanche (AVAX) $ 37.32 0.13%

Coinbase Obtém Aprovação para Negociar Futuros nos EUA

Foto do autor

Coin360

Publicado em

A indústria de criptomoedas nos Estados Unidos testemunhou recentemente um marco significativo. A Coinbase, reconhecida como a maior bolsa de criptomoedas do país, conquistou a aprovação regulatória para oferecer negociações de futuros de criptomoedas aos investidores de varejo. Esta notícia, sem dúvida, representa um avanço monumental para o setor.

Antes de nos aprofundarmos nas implicações dessa aprovação, é essencial entender o contexto. Embora os investidores de varejo já tivessem a oportunidade de apostar em futuros de criptomoedas, especialmente através da Chicago Board Options Exchange (CBOE), a decisão recente marca a primeira vez que uma bolsa nativa de criptomoedas obteve tal aprovação. Isso destaca a crescente legitimidade e aceitação das criptomoedas no cenário financeiro tradicional.

Faryar Shirzad, o diretor de políticas da Coinbase, não escondeu seu entusiasmo ao comentar sobre o desenvolvimento. Ele mencionou que este é um marco significativo para a Coinbase, que tem como visão criar um sistema financeiro aberto que não apenas amplie a utilidade das criptomoedas, mas também promova sua adoção em massa. A decisão veio da National Futures Association (NFA), uma organização autorreguladora designada pela Comissão de Negociação de Futuros de Commodities dos EUA (CTFC).

Acusação contra a Coinbase

O caminho para essa aprovação não foi sem seus desafios. A flexibilização regulatória foi uma surpresa, especialmente considerando o litígio em andamento entre a Coinbase e a Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC). A SEC havia acusado a Coinbase de oferecer valores mobiliários não registrados a investidores de varejo em junho.

Os futuros e outros derivativos são instrumentos financeiros que permitem aos investidores apostar na direção futura dos preços, seja esperando uma alta ou uma queda. No contexto das criptomoedas, esses instrumentos têm desempenhado um papel crucial, representando a maioria das transações globais. No entanto, devido a preocupações regulatórias, principalmente relacionadas à proteção do investidor e prevenção de lavagem de dinheiro, essas opções eram limitadas para investidores de varejo nos EUA.

A decisão da NFA também ocorre em um momento em que a Binance, uma das maiores concorrentes da Coinbase, enfrenta desafios legais nos EUA. A CTFC acusou a Binance de várias infrações, incluindo a venda de derivativos não registrados a clientes dos EUA. A resposta da Binance foi uma contra-ação, alegando que a CTFC excedeu sua jurisdição.

Em conclusão, a aprovação da Coinbase para negociar futuros de criptomoedas é um testemunho do crescente reconhecimento e aceitação das criptomoedas no mainstream financeiro. No entanto, com grandes poderes vêm grandes responsabilidades. A Coinbase, e outras bolsas que podem seguir seu exemplo, terão que garantir que operem dentro dos confins da lei, garantindo ao mesmo tempo a proteção dos investidores.

Deixe um comentário